quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Por que o time do Vasco não consegue engrenar no NBB10?

Resultado de imagem para Giovannoni Vasco
Foto: Thiago Moreira/Vasco
A temporada começou bem com o 100% de aproveitamento e título na Copa Avianca com grandes atuações dos principais reforços. O técnico Dedé Barbosa definiu o time titular com: Fúlvio, David Jackson, Gui Deodato, Guilherme Giovannoni e Lucas Mariano. Um quinteto inicial renomado e experiente. Após os 5 primeiros jogos que resultaram em 4 derrotas, a confiança em um time forte passou a virar insegurança e o principal argumento para o péssimo rendimento era falta de entrosamento. A saída para tal questão é simples, muito treino e jogos, porém, no decorrer das rodadas, não vimos evolução no time.

Quem assiste aos jogos vê um Vasco errando bandeja, desatento defensivamente, errando passes capitais e sem nenhuma agressividade no ataque. Poucos jogadores do Vasco conseguem manter uma regularidade e o descontentamento dos torcedores é nítido. Se antes o problema era o desentrosamento, agora o problema é da ineficácia da comissão técnica, que está se mostrando incapaz de extrair o melhor de cada jogador.

Para deixar o torcedor com um pingo de esperança, um dado que pode nos deixar otimistas é o mando de quadra, que beira os 60% de aproveitamento. As assistências de Fúlvio (lesionado), que possui a 4° melhor média do campeonato e a ofensividade de David Jackson, que é o 2° no (quesito) eficiência, também são fatos a darem esperanças aos torcedores.

Por: Igor Soares
comentários via Facebook

0 comentários: