sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Opinião: Terra arrasada



Durante o intervalo entre a última temporada e a vigente, o torcedor vascaíno que acompanhou os anúncios das contratações feitas pelo Vasco tinham duas reações conflitantes. Esperança, por ver novamente um time competitivo vestindo a regata que carrega a cruz de malta bicampeã brasileira e sul-americana no peito, por estar cada vez mais convencido que o basquete realmente voltaria a ser o segundo esporte de todo vascaíno. Talvez por que, depois de mais de 10 anos ausentes da modalidade, após todo o engajamento único dos torcedores na reforma do ginásio de São Januário, o clube brigaria realmente para conquistar o campeonato nacional. Mas agora você deve estar me perguntando: Por que conflitantes, Eric? A dúvida também se fazia presente. O clube passava por uma grave crise financeira e, mesmo assim, foi com fome ao mercado para contratar um elenco totalmente novo, considerado por muitos um dos melhores do Brasil. Jogadores de seleção foram contratados – Fúlvio, Lucas Mariano – além de outros que possuem um vasto mercado e, assim, precisavam de um investimento equivalente – Guilherme, Gui Deodato, Dedé Stefanelli. Patrocínios eram esperados em mais de 8 milhões de reais na previsão orçamentária, conforme noticiamos aqui no VascoBasketball, entretanto, nada foi fechado para o basquete. Diante de tamanha falta de responsabilidade, o clube passa atualmente um dos maiores vexames de sua gloriosa história, correndo sérios riscos de precisar pedir dispensa da competição com pouco menos de um turno completo. Palácios e Márcio, ex-jogadores que fizeram parte do elenco do ano passado, usam suas redes sociais para mostrarem sua indignação com a diretoria e pedindo para que sejam quitados os valores em aberto, não descartando uma ação na justiça contra o clube. O Vasco sofre acima de tudo, por tamanho amadorismo e incompetência. A temporada que se iniciou com enorme expectativa para o torcedor, foi totalmente destruída pelo ego de quem promete dias melhores, mas não permite ao clube um pequeno suspiro. Se no futebol a desconfiança está sobre o que restará do clube após o fim do atual mandato, no basquete não é diferente. Terra arrasada em meio a “reconstrução” e longas baforadas.

Fotos das principais contratações feitas pelo Vasco. Foto: Vasco

Resultado de imagem para fulvio contratado vascoResultado de imagem para fulvio contratado vasco


Por: Eric Miranda
comentários via Facebook

0 comentários: