sexta-feira, 24 de novembro de 2017

ūüĒí #VascoNaHist√≥ria - 2000: O ano de gl√≥rias




O ano era 2000. E se no futebol as coisas caminhavam bem, no basquete n√£o era diferente. O Vasco tinha acabado de conquistar o bicampeonato carioca e da liga sul-americana, nesse √ļltimo colocando fim √† dinastia argentina ao derrotar o Boca Juniors no ano anterior e o Atenas C√≥rdoba na edi√ß√£o atual. A empolga√ß√£o com o momento de ouro do basquete cruzmaltino n√£o era para menos. A torcida, ao lotar diversas vezes o Maracan√£zinho, deixava claro que o basquete representava, de fato, o segundo esporte do vasca√≠no.

Em 2000, Vargas (12) ergue a taça pelo título brasileiro.
Dessa forma, o time formado pelo trio de peso Helinho, Jos√© Vargas e Charles Byrd terminou a temporada regular em primeiro colocado e, assim, chegava como favorito a mais uma final de campeonato. Mais uma de tantas outras. Talvez especial por ter sido o s√©timo t√≠tulo nacional da carreira do t√©cnico H√©lio Rubens? Ou por ter sido o Flamengo de Oscar, rival tamb√©m no basquete, do outro lado da quadra? Por tamb√©m completar com chave de ouro um dos anos mais vitoriosos do clube na modalidade?  Motivos n√£o faltaram.

 Ah, e o jogo? Como todo cl√°ssico dos milh√Ķes: tenso, equilibrado, disputado. Ap√≥s 4 per√≠odos longos de jogo, foi decidido na prorroga√ß√£o. E das m√£os de Helinho, decidindo nos minutos finais, o clube se aproximava de mais um t√≠tulo brasileiro. Pode invadir a quadra! Pode festejar! O Vasco √© bicampe√£o brasileiro de basquete.

Confira os melhores momentos abaixo



Por: Eric Brand√£o
coment√°rios via Facebook

0 coment√°rios: