terça-feira, 14 de novembro de 2017

#NBB 10 - Vasco 71 x 82 Pinheiros (segunda rodada)

Pela segunda rodada do NBB, Vasco peca no garrafão e vê Pinheiros conquistar a vitória por 82 a 71 em São Januário;



O JOGO:

Quando a bola subiu, o Vasco repetiu os mesmos erros iniciais da derrota contra o Minas, pela estréia do NBB 10. Com transição defesa-ataque lenta, a equipe paulista conseguia se impôr no jogo. O garrafão cruzmaltino já demonstrava fragilidade na partida e, o pivô do Pinheiros (Ansaloni), anotava pontos com facilidade. Vasco 11-22 Pinheiros.

No segundo quarto, o Gigante esboçou uma reação, principalemente após a entrada do ala Gustavo que, assim como na estreia contra Minas, se destacou. Além dele, Guilherme Giovannoni e David Jackson desafogavam nas bolas de três pontos. A vantagem diminuira: Vasco 37-39 Pinheiros.

No terceiro quarto, o Vasco demonstrou certa reação. Após três bolas de três pontos seguidas (sendo duas delas com David Jackson) o cruzmaltino passou a frente no placar. No entanto, o Pinheiros seguia soberano nos rebotes e, sobretudo, nas infiltrações na área colorida. Dessa forma, terminou o período: Vasco 54 - 60 Pinheiros.

No último período, a equipe de São Paulo confirmou a bela atuação. Com destaque do período sendo Desmon Holloway, o Vasco acabou sendo derrotado por 71-82.

Números:

Rebotes: 31x42
3PT: 11x3
2PT: 24p x 54p
ASS: 18x19

PONTUAÇÃO:

Lucas Mariano: 12p e 2reb 
Gui Deodato: 5p
Fúlvio: 0p, 6ast e 6reb
Giovanonni: 11p e 7reb 
David Jackson: 21p e 4ast 
Nezinho: 3p
Renato: 3p 
Gustavo: 12p e 6reb
Hayes: 1ast e 2reb
Bruninho: não atuou

DESFALQUE: Dedé Stefanelli: tendinite no joelho esquerdo;

ANÁLISE GERAL:

O Vasco enfrentou um adversário muito qualificado e, em uma noite de muitos erros no garrafão, acabou derrotado. O cruzmaltino permitia que o Pinheiros pegasse muitos rebotes e, sobretudo, entrasse com facilidade no garrafão. Foram 54 pontos, dos 82, dentro da área colorida.

Os pontos positivos a serem destacados são o alto índice de bolas de três pontos anotadas (11) e o baixo índice de bolas do perímetro certas pelo adversário (3).

O Gigante do Basquete não teve uma boa atuação na noite de terça-feira, mas não pode desanimar. É apenas a segunda rodada do torneio nacional e, certamente, a comissão técnica analisará os números e buscará à melhora.

O próximo jogo será na quinta-feira, 16, contra a Liga Sorocabana, no Ginásio de São Januário. Mais uma vez não haverá transmissão de vídeo ou TV.

Por: João Pedro Farah 

0 comentários: