quarta-feira, 8 de novembro de 2017

#NBB 10 - Minas 82 x 81 Vasco (estreia)

Na primeira rodada da temporada regular, Vasco retorna ao Ginásio em que se sagrou campeão da Copa Avianca, mas acaba derrotado por um ponto para o Minas:


(Foto: NBB)

O JOGO:

Repetindo a escalação de toda a pré-temporada, André Barbosa manteve: Fúlvio, David Jackson, Giovannoni, Gui Deodato e Lucas Mariano. Quando a bola subiu, vimos um Vasco extremamente displicente nos passes laterais e na transição para ataque. Logo no início do jogo, ambas as equipes forçaram arremessos de 3PT's, e acabaram sem sucesso.

No meio do primeiro quarto, ficou claro que a equipe da casa não daria vida fácil ao Gigante, como foi na Copa Avianca. O armador de Minas conseguia boas infiltrações, e o rebote defensivo cruzmaltino deixava a desejar. Nesse quarto, o pivô Lucas Mariano ficou zerado na pontuação. O destaque do período foi, sem dúvidas, o ala Gui Deodato, com 7 pontos. Minas 20-13.

No segundo quarto, a vantagem mineira diminuiu. O Vasco se encontrou em quadra, principalmente, após a entrada de Gustavo (destaque no jogo), que deu outro gás ao time. Em jogadas de infiltração, o cruzmaltino tirou uma diferença de 10 pontos e igualou o placar. O armador Fúlvio, somente no 2Q, anotou a primeira bola de três pontos do time no jogo (até o momento era 1/10). O pivô Lucas Mariano também conseguia mais espaço no garrafão e terminou o quarto com 4p e 6reb. Mesmo diminuindo o prejuízo: Minas 35-31.

Quando as equipes voltaram do intervalo, a expectativa era de um retorno avassalador do Vasco, por conta das orientações que, certamente, o técnico André Barbosa deu aos jogadores. Todavia, o que se observava era um time ansioso e, por muitas vezes, displicente. A equipe mineira conseguia bons arremessos no perímetro e levou a vantagem de seis pontos para o último quarto.

O time qualificado do Vasco (e que brigará pelo título) realmente não estava em uma boa noite. Era visível a ansiedade da equipe que, nas últimas duas partidas (pela Copa Avianca) contra o Minas, venceu com facilidade. Mesmo jogando mal, o cruzmaltino foi valente e, comandado pelo ala Gustavo, conseguiu empatar o placar. Estava 79-79 .
O Minas, saindo no fundo quadra, foi beneficiado após falta técnica de Fúlvio que, de maneira imprópria, retardou o reinício. Com isso, dois lances livres para o adversário. Ainda assim o Vasco tinha o empate e a bola do jogo em mãos. Faltando 11 segundos, David Jackson achou Fúlvio, que desperdiçou. Minas 82-81 Vasco.


PONTUAÇÃO:

Lucas Mariano: 12p e 7reb
Gui Deodato: 11p
Fúlvio: 3p, 8ast e 2reb
Giovanonni: 14p e 12 reb
David Jackson: 11p e 8ast
Nezinho: 3p e 2ast
Renato: 4p e 1reb
Gustavo: 13p
Hayes: p, 2ast e 2reb
Bruninho: 2p,1ast e 1reb

Desfalques da partida
:
- Luiz Filipe e Matheus Henry:

Os dois jovens do sub-19, que estão treinando com os profissionais, não viajaram à Minas Gerais.

- Dedé Stefanelli:

Esteve no banco durante a partida, mas não entrou em quadra. Motivo ainda não descoberto. 

ANÁLISE GERAL: 

O Vasco teve uma partida um tanto displicente. Não foi sólido como nas outras vezes, entretanto, cabe ressaltar o espírito de luta dos jogadores que atuaram. Mesmo estando em desvantagem na maior parte do jogo, buscaram o resultado. Infelizmente não terminou com vitória.

Portanto, agora a comissão técnica ferramenta conversará com os jogadores e irão corrigir os erros. Ainda há muito campeonato para frente e, com toda certeza, o Vasco irá disputar na parte de cima.

Próximo jogo será dia 14, contra o Esporte Clube Pinheiros, no RJ. Mais detalhes em nossas redes sociais.

Por: João Pedro Farah 

0 comentários: