quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Vasco 85 x 66 Vitória - Copa Avianca (primeiro jogo)

No primeiro jogo da Copa Avianca o Gigante do Basquete derrotou a equipe do Vitória por 85 a 66 e demonstrou evolução na parte defensiva. 



O JOGO:

O último amistoso feito pelo Vasco antes da Copa Avianca havia sido justamente contra a equipe baiana. Ainda no Rio de Janeiro, mais precisamente no Ginásio de São Januário, a equipe cruzmaltina teve muita dificuldade para vencer o seu adversário. Agora no torneio amistoso, a situação mudou completamente.

Quando a bola subiu, ficou nítida a organização tática e o efeito dos treinamentos de André Barbosa ao longo das duas semanas sem amistosos. Com defesa 'homem a homem' à 'zona 3-2', o Vasco era outro time no quesito defensivo. Logo no primeiro quarto o armador Fúlvio e o pivô Lucas Mariano, ambos titulares, destacaram-se no 'pick n roll'. O placar era 20 a 16 para o Gigante.

No segundo quarto a vantagem começou a crescer. Jogadores que estavam no banco como o pivô Renato Carbonari, Dedé Stefanelli e Nezinho, colocaram fogo no jogo. Ainda muito consistente na parte defensiva, o Vasco foi ao intervalo com o placar de 41 a 29.

Quando retornaram do descanso, a concentração permaneceu elevada, o que fez com que a vantagem ampliasse cada vez mais. O destaque no quarto foi, sem dúvidas, o pivô Lucas Mariano, que deu uma belíssima cravada.

No último quarto, as duas equipes pareciam exaustas. Contudo, o nível de organização tática do Vasco - fato a ser destacado no jogo - fez com que a partida terminasse vitoriosa para a equipe carioca. Vasco 85 x 66 Vitória.

PONTUAÇÃO:

Lucas Mariano: 19p e 1reb
Gui Deodato: 8p e 3 reb
Fúlvio: 6p, 3reb e 4ast
Giovanonni: 12p e 6reb
David Jackson: 16p e 2reb
Dedé Stefanelli: 6p, 3 reb e 1ast
Nezinho: 5p, 1reb e 1ast
Renato: 13p, 1ast e 3reb

- Desfalques da partida:

1) Luiz Filipe e Matheus Henry:

Os dois jovens do sub-19, que estão treinando com os profissionais, não viajaram à Minas Gerais.

2) Chris Hayes:

O norte-americano viajou com o elenco para a disputa da Copa Avianca, mas ainda não se encontra em condições de participar de um jogo oficial.

3) Gustavo:

O ala Gustavo aqueceu normalmente, mas acabou sendo poupado pela comissão.

ANÁLISE GERAL:

O Vasco demonstrou evolução tática e, sobretudo, defensiva. Ao contrário dos amistosos no Rio de Janeiro, a equipe cruzmaltina soube administrar bem os 24 segundos ofensivos, teve boa atuação no pick and roll - principalmente com Fúlvio e Lucas Mariano - e conseguiu arrumar a deficiência, que eram os rebotes.

Os destaques individuais foram os pivôs Lucas Mariano e Renato, além do norte-americano, David Jackson. Contudo, o que mais ficou nítido foi, sem dúvida, a defesa, a qual levou apenas 66 pontos.

Por: João Pedro Farah

5 comentários:

  1. Parabéns pela cobertura, trabalho excelente o de vocês, até amanhã no segundo jogo! SV /+/

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, excelente comentário; estava eu ansioso por essa estreia.
    TIME DE CAMPEÃO mesmo, esse nosso Vasco.

    ResponderExcluir