domingo, 17 de setembro de 2017

AMISTOSO #2 - VASCO 70 X 62 SELEÇÃO CHILENA

Após revés contra o Basquete Cearense, a equipe cruzmaltina vence a Seleção Chilena por 70 a 62 e anima a torcida.



O JOGO:

O time comandado por André Barbosa entrou em quadra com a mesma formação do jogo anterior (Fúlvio, David Jackson, Gui Deodato, Giovannoni e Lucas Mariano). Com um início avassalador do ala-armador norte-americano - nove pontos em três minutos - o Gigante do Basquete começou a tomar as rédeas da partida. O placar do primeiro quarto foi de 21 a 10 para o Vasco.

No segundo quarto, Lucas Mariano e Gustavo entraram no lugar de Fúlvio e Giovannoni. O pivô (Lucas) estava imparável. Com 12 pontos no quarto, viu a vantagem cruzmaltina aumentar. A armação ficou por conta de DJ, que estava soberano em quadra.

Durante o período, o ala-armador Gui Deodato cometeu alguns erros e a Seleção Chilena começou a gostar do jogo. A promessa da base, Luiz Filipe, também teve mais tempo de qudra e, com muita personalidade, conseguiu boas jogadas. Com isso, o Gigante do Basquete foi ao intervalo com vantagem significativa (38 a 23).

O terceiro quarto seguiu favorável ao Vasco. O armador Fúlvio conseguia lindas assistências para os alas e, também, para o pivô Lucas Mariano que acertou espetacular bola de três pontos. Além disso, o número 28 deu um toco espetacular no armador chileno. O período terminou com 16 pontos de vantagem para o Gigante.

No último quarto, o Chile veio com tudo para cima do Vasco e conseguiu diminuir a vantagem. A equipe cruzmaltina cometia alguns deslizes, como saída de bola e rebotes defensivos, e chegou a estar nove pontos diferença. O técnico André Barbosa pediu tempo técnico à mesa e instruiu os jogadores à prestarem mais atenção ao setor defensivo.

Apesar da demonstração de reação do Chile, o Gigante do Basquete segurou a pressão e venceu por 70 a 62. É a primeira vitória do time na pré-temporada.

Depois do triunfo o tradicional 'casaca' foi entoado entre torcedores e atletas.

 *Desfalques da partida:

O armador Nezinho e os alas Dedé Stefanelli e Chris Hayes não participaram do amistoso.

PALAVRA DOS JOGADORES:

Giovannoni e Gui Deodato falaram com o Vasco Basketball após a partida sobre evolução entre o primeiro amistoso e o segundo:

"Acho que a gente acabou ganhando um pouco mais de ritmo em relação ao último jogo, e é normal isso. No primeiro jogo a gente estava sem ritmo nenhum, agora apenas sem ritmo (risos). Agora temos cerca de sete semanas até o NBB e vamos melhorar até lá." (Giovannoni)

"Hoje foi muito melhor principalmente pela vitória, o ritmo melhorou. Corremos melhor, diferente, mas creio que há muita água pra rolar, e estamos treinando forte para o melhor do nosso Vascão"
(Gui Deodato)

ESTATÍSTICAS:

Fúlvio: 7p
David Jackson: 17p
Gui Deodato: 11p
Giovannoni: 10p
Renato: 5p
Gustavo: 0p
Lucas Mariano: 18p (cestinha da partida)
Luiz Filipe: 2

ANÁLISE:

A evolução em relação ao ultimo jogo foi facilmente notada pela torcida em geral. A equipe entrou mais concentrada, apesar dos vacilos no último quarto. Por ser apenas a segunda partida da temporada 2017/18, há alguns pontos para aprimorar no treinamento, mas no aspecto coletivo a melhora foi significativa.

Por: João Pedro Farah

0 comentários: