quinta-feira, 15 de março de 2018

O caminho de uma promessa, o ala-pivô Elias
Resultado de imagem para elias basquete vasco
Foto: Matheus Lima/Vasco

Ele tem dezesseis anos de idade e há quatro iniciou sua trajetória no basquete – esporte, cada vez mais popular no Brasil. Estamos falando de Elias Batista Costa Brito, ala/pivô do basquete juvenil do Vasco Gama. 
Antes de chegar ao clube, o garoto teve breve passagem pela equipe ASP Clube Municipal, onde não conquistou títulos. Mas, há três anos, muita coisa mudou na vida de Elias.        

O início sem glórias deu lugar a conquistas pessoais e coletivas. Em 2016, ajudou o Vasco a faturar o título do Campeonato Estadual Masculino da categoria Sub-14, sendo o cestinha geral com 302 pontos em 18 jogos, média de 16,77 pontos por partida.           
Em 2017, pela categoria Sub-15, novamente foi o ‘rei das cestas’ com 385 pontos em 20 jogos, média de 19,25 pontos por partida. Porém, dessa vez viu o Vasco ficar com o vice-campeonato.      

AJUDE NOSSO PROJETO! Contribuem com 3 reais para continuação do projeto. Clique aqui!
    
Assim como todo jovem atleta, Elias tem rotina árdua. Acorda às cinco da manhã para ir à escola; treina á tarde em São Januário, chega em casa á noite.       
Em meio às dificuldades, o apoio dos pais tem sido fundamental para o garoto. ‘’Graças a Deus, meus pais sempre me apoiaram e me ajudaram, sem eles eu não conseguiria’’ - declara Elias.    
    
O caminho não é fácil, mas, o ala/pivô mantém viva a esperança. 
‘’Assim como todo menino que atua no basquete, meu sonho é chegar ao profissional, mas... claro que, se puder escolher, vou querer jogar na NBA ou no NBB’’ - completa aos risos.  
Brilhar nas quadras com a tradicional camisa cruz-maltina é outro objetivo do atleta. ‘’Desde os catorze anos estou no Vasco, me sinto bem e gostaria de fazer história aqui’’                  

Atualmente, o talentoso atleta intercala presenças nas categorias Sub-17 e Sub-19 do basquete vascaíno. Com sonhos cada vez mais vivos, no que depender dele, a próxima estação será o time principal do Gigante da Colina.

Por: Lucas Bispo       

sexta-feira, 9 de março de 2018

#NBB Vasco 83x56 Joinville - (pós jogo)


O jogo:

O Vasco entrou em quadra vindo de duas derrotas amargas para Paulistano e Caxias do
Sul, a última ocorrida no mesmo ginásio de São Januário. O quinteto inicial estava
composto por: Fúlvio, David Jackson, Gustavo, Guilherme Giovannoni e Renato. O
jogo se iniciou com a equipe de Joinville implementando um ritmo forte, fazendo 7
pontos seguidos, com o comando do jogador norte-americano Stocks, enquanto a equipe
vascaína continuava nula no placar. O time de Santa Catarina administrou esse resultado
até que Gustavo, D. Jackson e Giovannoni começaram a acertar os arremessos de
quadra e sendo os destaques do primeiro período de jogo. Vasco 23x16 Joinville.

O segundo quarto foi completamente diferente, a marcação do Vasco, como de costume
durante o campeonato, não encaixou e a eficiência no ataque não foi a mesma do
primeiro quarto, assim o time do Joinville entrava no garrafão curzmaltino facilmente,
igualando o resultado. O americano Stocks continuava comandando as ações ofensivas
do time e fez com que a sua equipe abrisse uma grande vantagem sobre o Vasco. Vale a
pena frisar que no segundo quarto, apenas dois jogadores vascaínos pontuaram, Lucas
Mariano com 6 pontos e Gustavo com 5. Vasco 34x37 Joinville.

No terceiro quarto vimos Gui Deodato voltando a jogar o que sabe, o ala fez um
excelente período de jogo, contribuindo demais para a defesa vascaína e o Vasco
rapidamente virou o placar e estabeleceu uma boa vantagem. Destaques também para
Giovannoni com 9 pontos, Lucas Mariano com 8 pontos e David Jackson com 7. Vasco
65x48 Joinville.

No último período de jogo, o Vasco apenas administrou o resultado, deu rodagem para
alguns jogadores que vieram bem do banco, como Chris Hayes. A defesa vascaína não
teve muito trabalho para segurar a equipe do Joinville que já parecia abatida com a
imposição do Vasco no resultado da partida. Fim de jogo. Podemos destacar a volta de
Gui Deodato, jogando bem, pontuando, sendo atuante na defesa e o ponto negativo é
que a equipe do Vasco ainda depende muito de como o David Jackson está na partida,
no segundo quarto, quando o jogador caiu de produção, a equipe fez apenas 11 pontos.
As próximas partidas do Vasco serão as 2 últimas da fase classificatória, dia 24/03, às
14 horas, contra Franca, com transmissão da Band e dia 27/03, às 19:30, contra Bauru,
ambas as partidas serão realizadas em São Paulo.

AJUDE NOSSO PROJETO! Contribue com 3 reais para continuação do projeto. Clique aqui!

Destaques individuais:
David Jackson – 18 pontos, 7 rebotes e 3 assistências;
Guilherme Giovannoni – 15 pontos e 3 assistências;
Lucas Mariano – 14 pontos e 5 rebotes;
Gustavo – 14 pontos, 8 rebotes e 3 assistências;
Gui Deodato – 9 pontos e 3 rebotes;

Chris Hayes – 6 pontos e 3 rebotes;
Renato – 3 pontos e 3 rebotes;
Nezinho – 3 pontos e 5 assistências;
Fúlvio – 1 ponto, 3 rebotes e 6 assistências.

Por: Igor Soares

terça-feira, 6 de março de 2018

Nota: Pronunciamento oficial
Diante da recusa, mais uma vez, da assessoria de imprensa do Vasco da Gama, em liberar a equipe do Vasco Basketball fazer parte da área de imprensa para cobrir o Vasco, em São Januário, viemos por meio dessa nota relatar nossa total indignação e tristeza com a decisão.

Tentamos a credencial há pouco mais de um ano, mas nunca obtivemos sucesso. Entretanto, com a tentativa negada no último contato, é notório a exclusividade com o nosso projeto, visto que outros companheiros conseguiram a liberação junto ao assessor do clube.

Vale ressaltar que, mesmo com todas as dificuldades para realizar o trabalho, constantemente trazemos com excelência a informação para o torcedor vascaíno. Além disso, somos o maior portal direcionado somente ao basquete do clube, sem qualquer tipo de remuneração, feito apenas por pessoas apaixonadas pelo Vasco e pelo esporte.

Por fim, continuaremos a tocar o projeto para frente, independentemente da resposta negativa, sempre em prol do clube. Em outro momento, faremos o contato novamente com a assessoria do Club de Regatas Vasco da Gama, buscando uma explicação para tal ordem.

#LiberemOVascoBasketball

Att, Equipe VascoBasketball.

quinta-feira, 1 de março de 2018

#NBB Campo Mourão 79x89 Vasco - (pós jogo)



O JOGO:
Após um período de duas semanas desde o último compromisso, o Vasco viajou até a cidade de Campo Mourão para enfrentar o time local. Além de projetar uma melhor colocação na tabela, visando obter o mando de campo nos playoffs, o time tinha a chance de conquistar sua terceira vitória consecutiva, confirmando o bom momento na temporada. Outro destaque importante da partida foi a possível volta às quadras do ala-pivô Gui Deodato, afastado por conta de uma lesão na mão direita, está recuperado e pôde ser adicionado à rotação.
A equipe de Campo Mourão, mesmo ocupando a última colocação e sem chances de playoffs, impôs dificuldades nos minutos iniciais de jogo. Principalmente das mãos de Pastor – 8 pontos no quarto - e do armador americano, Brown, a equipe paranaense conseguiu igualar as ações. Do lado vascaíno, Alexei, o jovem armador recém contratado pelo clube, teve seus minutos e correspondeu a confiança de André Barbosa, anotando 7 pontos no primeiro período. Jogo bastante equilibrado, com as duas equipes pouco inspiradas em quadra, terminou igualado em 26 pontos.
Já no segundo quarto, a tônica foi totalmente diferente. Crucial para a vitória, o Vasco implantou um ritmo mais intenso ao jogo, principalmente na defesa, segurando o ataque de Campo Mourão em apenas 16 pontos. No ataque, a estrela da equipe, David Jackson, começava a entrar no jogo. Com 8 pontos e 100% nas tentativas de quadra no período, contribuiu para o Vasco abrir 10 pontos na saída para o intervalo. Outro destaque importante, a dobradinha Fúlvio e Renato foi eficiente, especialmente no jogo em pick and roll, ajudando a equipe no ataque. Destaque do quarto, Fúlvio, com 10 pontos.
Na volta do intervalo, a queda da equipe do Vasco foi visível. Sem ter a mesma força ofensiva implementada no segundo período, a equipe vascaína obteve um baixo aproveitamento de quadra, com destaque, mesmo que pequeno, do pivô Renato com 5 pontos e 100% nos arremessos. Com apenas 10 minutos para o final da partida, o Campo Mourão ensaiou uma reação, reduzindo a diferença para 7 pontos, mas não obteve sucesso, fruto das mãos quentes de Jackson, com 10 pontos, e Guilherme, com 7 tentos. Final de jogo, terceira vitória seguida do Vasco: 89x79.

AJUDE NOSSO PROJETO! Contribue com 3 reais para continuação do projeto. Clique aqui!

ANÁLISE GERAL:
O Vasco vive o seu melhor momento na temporada 17-18. A crise, que parece já não assustar tanto, deu uma trégua. Visando os playoffs, a equipe ainda busca vitórias para estar entre os times com mando de quadra, visto que, será o diferencial em uma provável série de 5 jogos. O próximo confronto é contra o Paulistano, líder do campeonato e sensação até o momento, promete muito trabalho para o Vasco conquistar a vitória.  Após o compromisso de sábado, em São Paulo, a equipe retorna ao Rio de Janeiro já visando os dois últimos jogos da temporada, contra Caxias do Sul e Joinville, na terça-feira e quinta-feira, respectivamente.
Destaques do jogo: David Jackson 18pts, 2rbts e 4 ass. Giovannoni 17pts, 6rbts e 5 ass. Fulvio 16pts e 4 ass. Renato 13pts e 9 rebotes. Gustavo 9pts.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Podcast VB #4 - Análise do elenco

Podcast VB #4 no ar! Em nossa quarta edição falamos dos próximos jogos fora de casa, fizemos uma análise do elenco e MUITO mais.





Ajude nosso projeto continuar!
Contribue: apoia.se/ajudavascobasketball
Gostaram do podcast? deixem suas opiniões!
Redes sociais
Twitter: @basketballvasco
Instagram: VascoBasketball
Facebook: www.facebook.com/vascobasketball
Blog: www.vascobasketball.com

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Gui Deodato volta de lesão e terá a concorrência de Gustavo, titular e destaque do Vasco no NBB10
Resultado de imagem para gui deodato vasco
FOTO: LNB
No dia 30/12, o ala Gui Deodato saiu de quadra sentindo muitas dores. Após a realização de exames, a lesão foi confirmada: fratura do quarto metacarpo da mão direita.

O Vasco estava passando por uma fase delicada, além de não conseguir resultados em quadra, os jogadores não estavam recebendo. A notícia da lesão somente aumentou a crise que já estava grande em São Januário, vide que a rotação, que já estava debilitada, ficou ainda mais reduzida.

Três meses depois, o ala estará de volta ao Gigante do Basquete. Na última sexta-feira (16/02), em entrevista concedida ao Vasco Basketball, ele confirmou a possibilidade de voltar atuar pelo time cruzmaltino na partida contra o Campo Mourão, que acontecerá dia 01/03, no Ginásio Belin Carolo.

''Voltei a treinar com bola; Se tudo ocorrer bem, posso voltar nos próximos jogos fora de casa.''- Disse o alaGui Deodato.

Vale lembrar que, desde a lesão do Deodato, ouve uma crescente significativa nas atuações do ala-Gustavo. Hoje o jogador, que veio do Pinheiros como opção dentro do elenco, se tornou um dos jogadores mais regulares do plantel Vascaíno e titular.


AJUDE NOSSO PROJETO! Contribuem com 3 reais (ou mais) para continuação do projeto. Clique aqui!

A volta do Gui Deodato será muito importante, pois, o jogador ajuda muito na marcação, algo que o Vasco vem pecando muito nas partidas. Dedé Barbosa terá um problema bom para resolver quem será titular no Vasco.


Médias na temporada: Deodato x Gustavo

PTS: 7.0 x 9.5 
RBTS: 3.0 x 2.8 
ASS: 1.8 x 2.1 
Eficiência: 5.8 x 10.0

Por: Daniel Morais